A LENDA DA GRALHA AZUL

Categoria
PROJETOS
Sobre este projeto

Após ter aprendido muitas lições com uma das aves mais inteligentes decidi escrever para que muitos outros tivessem o privilégio de alçar voos em busca do seu sonho azul.

O desejo em ser azul é o fio condutor da lenda que mostra, a força aliada a persistência. Não desistir, sofrer perdas ao longo do caminho, lutar por vezes de forma solitária, sofrer descrédito e ainda assim prosseguir, inspiram a todos que após sofrerem tombos ou tropeços, levantaram e buscaram forças para além de suas limitações.

E como se não bastasse a beleza subjetiva, descobri que um aspecto mais pragmático pode ser transformado em uma grande lição: a forma como ela se relaciona com o alimento. Um dos principais alimentos da gralha é o pinhão (fruto das araucárias) que ela come assim que o encontra, outra parte armazena nas fendas dos pinheiros e, alguns pinhões, as gralhas plantam com pequenas bicadas no solo.

O planejamento da Gralha é brilhante: quando come o pinhão, ela está consumindo no curto prazo, quando armazena está poupando para situações imprevistas e, quando planta, está investindo no longo prazo, e ainda, de forma sustentável.

Nossas vontades, sobretudo, aquelas que necessitam de recursos materiais e financeiros, precisam ser consideradas na relação com o tempo e com espaço. E, se nos inspirarmos na sabedoria poderemos investir nossos afetos, pensamentos, tempo e finanças de forma a nos tornarmos mais gralha conquistando nossos sonhos azuis.