Rico pobre x Pobre rico

01 nov Rico pobre x Pobre rico

“Conheço gente tão pobre, mas tão pobre, mas tão pobre, que só tem dinheiro”. Pedro de Lara

A citação acima demonstra que dinheiro não significa riqueza. Pedro de Lara traduz de uma forma muito simples que um rico do ponto de vista financeiro, pode ser um pobre emocional ou socialmente. Quando a pessoa só tem dinheiro, ou quando transforma sua vida numa corrida desenfreada pelos bens materiais, está fadada ao sofrimento e à pobreza de relacionamentos.

Por outro lado, o pobre rico é aquela pessoa que possui posses limitadas e ao mesmo tempo tem a riqueza da vida desfrutada com sabedoria, amor, e qualidade. É feliz, transmite contentamento e todos querem estar em sua companhia.

RICO POBRE

POBRE RICO

RICO RICO

POBRE POBRE

Vamos avançar um pouco mais, temos ainda o pobre pobre. É aquele sujeito que tem poucas posses financeiras e é desprovido de felicidade, de bom relacionamento interpessoal ou de empenho. Em geral, é aquele que todos querem distância, não pela condição financeira, mas pela subjetividade dele. E tem o rico rico que é aquele indivíduo com muitas posses financeiras e uma capacidade para gerar, acima de tudo felicidade e bem estar a quem o rodeia.

Qual é o lugar ideal no quadrante acima? Depende das ambições e escolhas de cada um, mas como sempre, o desafio está no equilíbrio.

Márcia Tolotti

Nenhum comentário.

Adicione um comentário