Márcia Tolotti

Consultora psicofinanceira, psicanalista, professora em MBAs, palestrante e escritora

Como milhões de brasileiros, a gaúcha de Caxias do Sul, Márcia Tolotti se define como uma pessoa acostumada a superar obstáculos e vencer grandes batalhas desde criança. Logo cedo descobriu que o conhecimento poderia tornar sua vida mais fácil e não demorou muito para fazer da sua missão de vida: fazer com que as pessoas transformassem o conhecimento em uma ferramenta de melhoria de vida.

Foi assim que descobriu e mergulhou na psicologia, na análise e no autoconhecimento para tornar suas decisões mais estratégicas e assertivas. Desde 2003, quando concluiu sua primeira graduação em psicologia, divide seu tempo em trabalhos voltados exclusivamente a ajudar o outro. Não satisfeita, buscou expandir sua área de atuação, em 2004 se tornou psicanalista pelo CEL e EEP (entidade vinculada à Associação Lacaniana Internacional.

Márcia buscou também ensinamentos no marketing, nas relações culturais e se graduou Mestre em Cultura, envelhecimento e psicanálise pela Universidade de Caxias do Sul e possui MBA em Marketing, pela FGV (Fundação Getúlio Vargas).

Debate com a superintendente de sustentabilidade Denise Hills e com o diretor de cobrança Wagner Sanches - banco Itaú

Aliando essa expertise com conhecimentos sobre finanças pessoais, economia e administração, desenvolveu ferramentas práticas, objetivas e, efetivamente estratégicas para auxiliar pessoas a conciliarem a educação financeira em suas vidas.

Desde 2005 desenvolve ferramentas e métodos que utilizam conhecimentos de todas as áreas de economia, psicanálise, psicologia e marketing, visando garantir resultados mais eficazes e uma real mudança de comportamento, ampliando os níveis de prosperidade financeira e qualidade de vida.

Além disso, é autora de 7 livros e coautora do livro Empreendedorismo – Decolando para o Futuro e autora dos livros O Desafio da Independência, financeira e afetiva, que já teve mais de 50 mil exemplares vendidos, e As Armadilhas do Consumo. Em parcerias com profissionais apaixonados pelo que fazem, dedicados e competentes escreveu não só os livros, mas como cocriou jogos educativos, desenvolveu palestras, oficinas, métodos, apps, campanhas sociais, seminários e aulas que garantissem o empoderamento e aprendizagem de um grande número de pessoas.

Por que procurar uma consultora psicofinanceira para a sua empresa?

 

É comprovado que gastos maiores que ganhos são fatores que interferem, diretamente, na produtividade e na qualidade de vida das pessoas. Fato que reflete também no mundo corporativo. Cada vez mais as organizações se deparam com as consequências do endividamento dos seus colaboradores, como lidar com solicitações de adiantamentos salariais, empréstimos consignados, pedidos de demissão, furtos, adoecimento físico, e por vezes, psíquico são alguns dos efeitos da má gestão financeira pessoal.

Estudos realizados, por exemplo, pela Virginia Tech University dos EUA mostram que funcionários com problemas financeiros apresentam os maiores índices de atrasos e faltas, além de utilizarem tempo e recursos das empresas para sanarem os problemas de endividamento pessoal.

Outras pesquisas indicam que 70% da população vive esperando o próximo pagamento, sendo a primeira causa de stress no trabalho. A Reuters demonstra que cada funcionário com dificuldade financeira custa cerca de USD 7000 anuais às empresas, por não dedicarem tempo e atenção suficientes ao trabalho.

O Brasil não fica atrás das estatísticas americanas, em pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas foi constatado que 67% dos funcionários apresentam um nível de estresse financeiro acima do adequado.

Portanto, negar a interferência da má gestão financeira pessoal diante da produtividade equivale a abrir mão de solucionar um sério problema. Empresas que implementam programas ou ações de educação financeira comprovam que os colaboradores podem mudar hábitos, rompendo com uma cultura de endividamento e absorvendo uma cultura de investimento.

Palestras, cursos, capacitação de gestores, pesquisas, oficinas, jogos, livros são algumas das ferramentas possíveis de serem implementadas. Mas, não existe solução mágica.

Em quase 15 anos de experiência em implementação de programas de educação financeira in company, Marcia Tolotti constatou que funcionários que participam dos treinamentos diminuem em até 60% o grau de endividamento, além de 20% passarem a investir.

Mais que um novo benefício, a capacitação da gestão financeira pessoal é uma forma de neutralizar as interferências negativas e garantir a produtividade em nível adequado.

Empresários e executivos com visão estratégica, diante dos dados alarmantes tanto no Brasil quanto nos EUA começam a reconhecer que a educação financeira não é um modismo ou uma ação politicamente correta, e sim um diferencial competitivo.

MEU CURRÍCULO

Márcia Tolotti é professora em MBAs, palestrante, colunista e escritora.

  • Psicanalista pelo CEL e EEP (entidade vinculada à Associação Lacaniana Internacional);
  • Graduada em psicologia, pós-graduada em psicologia clínica, pós- graduada em psicologia organizacional, exercendo desde 1993 atividades em sua clínica psicanalítica;
  • Mestre em letras e cultura e MBA em Marketing pela FGV;
  • Assessora e coordena a implementação de programas de educação financeira in company,desde 2006, em importantes empresas;
  • Criadora do curso que apresenta o Método STOP (aliando fundamentos da economia, psicanálise, psicologia econômica e neuromarketing).
  • Sócia executiva da Moddo Conhecimento Estratégico.
  • Autora com mais de 50 mil exemplares vendidos. Escreveu “As Armadilhas do Consumo”, editora Campus; “Passageiros do Outono” e “Agricultura Lucrativa Familiar”, editora do Maneco, escreveu “O Desafio da Independência” após pesquisas e cursos ministrados em empresas, numa linguagem clara e acessível para pessoas que buscam construir planejamento financeiro.

LIVROS PUBLICADOS